Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dia Mundial da Criança

01.06.18, Alice Alfazema
  Ilustração Migle Kosinskaite     Tenho um livro sobre águas e meninos. Gostei mais de um menino que carregava água na peneira. A mãe disse que carregar água na peneira era o mesmo que roubar um vento e sair correndo com ele para mostrar aos irmãos.   A mãe disse que era o mesmo que catar espinhos na água. O mesmo que criar peixes no bolso.   O menino era ligado em despropósitos. Quis montar os alicerces de uma casa sobre orvalhos.   A mãe reparou que o menino gostava (...)

Uma pergunta por dia: Na Síria há uma guerra contra a infância?

25.11.13, Alice Alfazema
  Pensar um bocadinho além daquilo que temos ao lado poderia ser a solução para um mundo melhor. Viver menos dos números e mais do coração. O sofrimento desnecessário, se é que existe algum sofrimento necessário, das crianças no mundo, neste caso na Síria, seria bom que estas vozes fosses ouvidas, ou pelo menos reconhecidas de que realmente existem e não fazem parte de um qualquer filme de ficção ou de terror.   O instituto de pesquisa britânico Oxfam Research Group, (...)

Crianças

16.04.13, Alice Alfazema
    Pintura de Mary Woodin Todos já vimos nos livros, nos jornais, no cinema e na televisão retratos de meninas e meninos a defender a liberdade de armas na mão. Todos já vimos  nos livros, nos jornais, no cinema e na televisão retratos de cadáveres de meninos e meninas que morreram a defender a liberdade de armas na mão. Todos já vimos! E então? Fernando Sylvan Existem crianças de 1ª e (...)