Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Quantas mães deitaram os filhos no lixo

10.11.19, Alice Alfazema
A mãe que deitou o bebé no lixo chama-se Sara e tem 22 anos, não tem morada, nem cama, nem nada (gosto deste texto pela verdade que descreve). A mãe que deita o bebé na rua e não lhe dá o pequeno-almoço, nem conversa com ele, nem quer saber se vem bem vestido para a escola, a mãe que engorda o bebé como se fosse um porco para a matança, a mãe que grita e bebe e (...)

Para além dos livros azuis para menino e dos livros rosa para menina

26.08.17, Alice Alfazema
  Ilustração  Prudence Flint   Quando um homem me diz Que eu sou bonita Eu não acredito. Ao invés disso, eu revivo os meus dias no colégio Onde não importava o quão boa eu fosse Eu sempre era a menina de bigode   Ele não sabe o que é Crescer com a sua família materna Quando o seu corpo é o único Que com orgulho mostra o [cromossomo] X do seu pai Enquanto o X da sua mãe fica de lado e sente pena Da sua falta de atitude feminina   Ele não conhece a adolescente Que encheu (...)