Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Gosto de...

20.11.19, Alice Alfazema
  Gosto de andar voando na amizade a correr com modos de feiticeira       ou de anjo sem o ser torvelinho à sua beira corsária do meu bem-querer       A quem me tem amizade empenhada no saber de poetisa-corsária       vou de faim à cintura defender a liberdade a paixão e o poema o desejo, a lealdade     Com a poesia na fala as minhas asas e a alma       Poema de Maria Teresa Horta    As ilustrações são de Shirin Shabá (...)

💋

04.08.19, Alice Alfazema
  Ilustração Erin Robinson   Preciso ser um outro  para ser eu mesmo  Sou grão de rocha  Sou o vento que a desgasta  Sou pólen sem insecto  Sou areia sustentando  o sexo das árvores  Existo onde me desconheço  aguardando pelo meu passado  ansiando a esperança do futuro  No mundo que combato morro  no mundo por que luto nasço    Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"       

Uni-verso

17.02.15, Alice Alfazema
Ilustração Catherine G McElroy   Se o Universo, une o Verbo, une o verso, mistura o inverso do avesso do mundo externo...   Se estamos imersos num mundo interno repleto de infernos e invernos Estamos enfermos em formas quadradas, projetadas e padronizadas? Ou somos criaturas criadoras, receptivas e receptoras, que harmonizam nossas próprias vibrações coloridas junto ao arco-íris? Às vezes penso, como os egípcios, o homem é um prisma transparente e sua vida é a escolha das (...)

As cores

31.05.14, Alice Alfazema
Ilustração Christilla Germain    Eu sou uma pessoa de cores, a minha pele muda de tom várias vezes por ano, eu não saberia viver num mundo sem cores. As ideias são as cores do pensamento, gostaria de ver mais gente cheia de cores. Assombra-me cultivarem sempre o mesmo tom,  cada vez desejo menos encontrar-me com ideias assim.   Alice Alfazema