Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Momentos especiais

30.08.19, Alice Alfazema
  Nesta semana tive dois momentos muito especiais. Estamos no fim de Agosto, e neste mês há muita gente de férias, os dias na escola são lentos e silenciosos e existe esta minha necessidade de demonstrar que a escola não é apenas sala de aula.  Às vezes deixo-me ir sem pensar, faço um grande esforço para o conseguir, não sei despegar o corpo do sentimento e rendo-me vezes sem conta. Surpreendendo-me em cada momento destes.    É como se isto eliminasse a minha (...)

Conversas da escola - Coração malvado

07.02.19, Alice Alfazema
- Quero um chá? - Então? - Estou com dores no coração. - Estás a ter aulas de educação física? - Não, de matemática. - Ah pois, a matemática faz muito mal ao coração.   *enquanto a miúda bebia o seu chá, olhava para  nós  e ria-se, com uma bochechas rechonchudas e rosadas (ri-te, ri-te).

Coração

14.12.18, Alice Alfazema
  Ilustração Kanako Abe      Eu queria que o Amor estivesse realmente no coração, e também a Bondade, e a Sinceridade, e tudo, e tudo o mais, tudo estivesse realmente no coração. Então poderia dizer-vos: "Meus amados irmãos, falo-vos do coração", ou então: "com o coração nas mãos".   Mas o meu coração é como o dos compêndios. Tem duas válvulas (a tricúspida e a mitral) e os seus compartimentos (...)

A busca

27.12.16, Alice Alfazema
    Eu conheço um planeta onde há um sujeito vermelho, quase roxo. Nunca cheirou uma flor. Nunca olhou uma estrela. Nunca amou ninguém. Nunca fez outra coisa senão somas. E o dia todo repete como tu: “Eu sou um homem sério”! Eu sou um homem sério!”. E isso o faz inchar-se de orgulho. Mas ele não é um homem, é um cogumelo.       - Os homens do teu planeta – disse o principezinho – cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim… e não encontram o que procuram…   (...)