Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

#diariodagratidao 05-02-2019

05.02.19, Alice Alfazema
  No meu trabalho temos uma sala destinada aos auxiliares, é onde almoçamos e descansamos durante a hora do almoço. Existe uma mesa redonda ao centro da sala, uns sofás, um frigorífico, uma televisão, um micro-ondas e alguns cacifos. Aquela mesa como é redonda chega sempre para mais um, mas aquilo que quero referir hoje aqui é o facto de aquela mesa ter quase sempre alguns mimos em cima dela. São mimos trazidos pelas colegas que os colocam ali naquele poiso central. Muitas vezes (...)

Conversas da escola - Querida coleguinha

09.10.17, Alice Alfazema
Dirijo-me a uma colega e peço-lhe: - ...sabes, aquela receita que me falaste, a de baunilha, aquela que o teu filho gosta muito, podes dar-me a receita? - Eh, pá, eu não sei da receita...perdi o papel, a receita é muito complicada de fazer, blá, blá, blá... - Tretas, não me queres é dar a receita, é essa e a do bolo de pinhões... - Olha lá, eu não sei da receita, mas tenho para lá uns rascunhos que tirei antes de perder o papel...eu não te dou a receita, porque não a tenho, (...)

Lembrei-me de ti!

03.09.12, Alice Alfazema
  Sabem meus amigos, o que interessa nesta vida são as razões mais imprevisíveis, aquelas que ficarão para sempre nas nossas memórias. Os bens emocionais são o que de melhor os amigos nos podem dar: as lembranças, os sorrisos, as atitudes, as conversas... são recordações que agradeço.   Obrigada.     Alice Alfazema