Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O estranho pensamento

22.10.19, Alice Alfazema
  Ilustração Osvaldo Herrera Graham   Aos 3 anos: Ela olha para si mesma e vê uma rainha. Aos 8 anos: Ela olha para si e vê a Cinderela. Aos 15 anos: Ela olha e vê uma freira horrorosa. Aos 20 anos: Ela olha e se vê muito gorda, muito magra, muito alta, muito baixa, muito liso, muito encaracolado, decide sair mas, vai sofrendo. Aos 30 anos: Ela olha para si mesma e vê muito gorda, muito magra, muito alta, muito baixa, muito liso muito encaracolado, mas decide que agora não (...)

Baixar a cabeça

04.06.19, Alice Alfazema
  Ilustração  Catherine G McElroy   Quando baixas a cabeça sentes o aroma do café, quando baixas a cabeça vem-te à memória outros cafés. Sentes as férias e os dias felizes, sentes os dias de frio intenso, sentes que pertences ao mundo, sentes que as mãos que cuidaram destes grãos o fizeram com esmero. Sentes que é um privilégio poder saboreá-lo em paz ouvindo o cântico dos pássaros. É manhã fresca, é um outro dia, e aquele sabor que te percorre a garganta (...)