Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Que bela soneca

07.08.17, Alice Alfazema
    Lá fora giram girassóis sob eclipses solares e lunares, a natureza corre camaleônica entre veios dos rios atravessando mares e cidades! Nas asas do equilíbrio, gênios de caráter guerreiro ´temperamental´ se retransformam: tudo há o seu tempo...       Rosangela Aliberti     Alice Alfazema

Alerta:

29.05.17, Alice Alfazema
    Se tiverem cães não comprem destes tapetes, aqui o nosso amigo Ginjas destruiu este magnifico exemplar em menos de 24h, escavou, escavou, escavou...até encontrar buraco. Peço-vos, partilhem o mais possível, para que outros donos não venham a sofrer.    Alice Alfazema

A prima do Ginjas

28.05.16, Alice Alfazema
 Não é, mas podia ser.    Cão passageiro, cão estrito, cão rasteiro cor de luva amarela, apara-lápis, fraldiqueiro, cão liquefeito, cão estafado, cão de gravata pendente, cão de orelhas engomadas, de remexido rabo ausente, cão ululante, cão coruscante, cão magro, tétrico, maldito, a desfazer-se num ganido, a refazer-se num latido, c (...)