Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Beiçolas

22.10.16, Alice Alfazema
  Ilustração Dainius Šukys       Se a luz tivesse beiços rir-se-ia de quem fecha os olhos para ver do claro dia apenas sombra e esquivando o perigo de uma relação íntima com a dúvida não ousou nunca dar-lhe o braço, para não sentir o corpo dela a enlaçar o seu, e provar-lhe da carne o inesperado gosto.     Júlio Pomar      Alice Alfazema