Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Entre as brumas do sono

16.11.18, Alice Alfazema
Ilustração Rita Henriques   Estou aqui deste lado a beber um chá de alfazema e camomila. Há um cheiro bom que se infiltra nas minhas narinas, levando-me até um campo de alfazemas, num lilás amoroso onde poisam abelhas e abelhões.    O chá quente escorrega-me pela goela abaixo, levando com ele o cansaço do dia e da semana que foi comprida demais.  O sofá chama-me, mas a cama ordena que me deite, que descanse, (...)