Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Eu infiltrado no sofá alheio

30.03.16, Alice Alfazema
    Eu sou o dono do sofá Eu quero ser o dono do sofá(mas não me deixam) O sofá é tão grande e eles são uns egoístas Eu serei eternamente o dono do sofá O sofá é meu amigo É no sofá que desabafo grandes sornas O meu sofá O sofá deles O nosso sofá   Poema de Ginjas Toma      Alice Alfazema      

Chá milagroso

19.02.16, Alice Alfazema
Na escola temos um chá muito milagroso, ele tem o poder de curar dores de cabeça, gripes, febre, má disposição, dores de barriga, enfartamento, enfim qualquer coisa que se queira curar. É útil, também para quem não quer ficar na aula de matemática o tempo todo.    Ontem durante um bom período da tarde não tivemos água na escola, portanto não houve chá. Um miúdo disse-me que estava mal disposto, mas foi-me impossível fazer-lhe o chá durante esse tempo. Hoje pela manhã (...)