Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Jardim

Desafio de A a Z

06.05.20, Alice Alfazema
Sentei-me debaixo do jacarandá, e pressionei as minhas costas contra o tronco até sentir os seus nódulos, olhei para cima e vi uma copa violeta de flores, num aglomerado alegre que contrastava com o azul do céu e as pequenas nuvens brancas que eram empurradas pelo vento. Aspirei o perfume, para que pusesse em mim aquela vibração. A casa estava pintada de branco, e as janelas abertas, o João e a Joana discutiam como de costume, nos canteiros estavam cravos vermelhos que dançavam com (...)

Chá de violetas (4)

Robinson Kanes

03.05.20, Alice Alfazema
  O dia hoje está tão quente que vamos beber o chá com violetas com umas pedrinhas de gelo. Este calor faz-me lembrar mergulhos e caminhadas à beira-mar, o cheiro a maresia no ar, gaivotas rasando as ondas e a fazerem inveja aos que as olham e queriam também eles ganhar asas. Assim, mesmo sem asas, hoje tenho aqui na minha sala, paisagens que muito amo, e das quais tenho imensas saudades, só (...)

#diariodagratidao 08-02-2019

08.02.19, Alice Alfazema
  Ilustração Horacio Sierra   Imaginemos que isto dos blogues é um bairro, sendo assim considero que somos todos vizinhos, mesmo que nos encontremos a muita distância uns dos outros, o que é fantástico. Quem como eu cresceu sem esta ferramenta, talvez ainda se fascine todos os dias com isto. A mim encanta-me. Por isso é para mim extremamente gratificante chegar a casa e ligar o computador e encontrar um elogio de um dos meus vizinhos, não é a primeira vez que isso me acontece (...)