Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Bellissimo!

24.11.20, Alice Alfazema
Hoje na hora do almoço fui beber um café, pedi um bolo miniatura para dar pompa à circunstância. Quando recebi o pedido fiquei tão contente com o efeito que pensei automaticamente, tenho de tirar uma fotografia para lhes mostrar. E quem são os lhes? São vocês que passam por aqui todos os dias, que me deixam comentários, que me acompanharam durante este mês de Novembro, que foi para mim um mês duro e de clausura forçada.  Mês em que fiz parte dos números da listagem diária (...)

Comentários digitais

07.06.20, Alice Alfazema
   Aqui estou eu a tentar tirar uma fotografia ao malmequer rebelde que nasceu fora do canteiro, e às  outras flores que seguiram no mesmo caminho, aproveitam agora para crescer que a malta está em casa, confinada, e não anda por aqui por cima de toda a folha. Tenho a acrescentar que o enquadramento não ficou grande coisa porque disparei - ao mais ao menos - porque não tinha os óculos, o que acontece com alguma frequência. Até parece que a flor se está a rir. Ou é (...)

Chá de violetas (2)

24.04.20, Alice Alfazema
  Coloquei outra vez aqui o chá e a chávena das violetas, pois desta vez vou receber uma visita nesta casa virtual. Há que contornar de forma criativa este confinamento e este distanciamento social, podemos e devemos-nos reinventar, assim estamos aqui na minha sala online, que nunca tem pó, nem mantas pelo sofá, nem desarrumação física, nem tapetes para sacudir, neste espaço vou receber a (...)

Diário dos meus pensamentos (1)

Angústia

20.03.20, Alice Alfazema
Por estes dias os meus pensamentos são velozes e vão em todas as direcções, há um grande movimento aqui nos blogs do sapo para que se arrebite o ânimo, o que é de louvar, e desde já agradeço à equipa do SAPOBLOGS por continuar desse lado, aqui neste espaço virtual as pessoas podem trocar ideias, saber umas da outras, mandar mensagens de ânimo e de amizade, têm-se colocado novas tags, no entanto sinto que necessitamos (...)