Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - O quarto filho

03.11.18, Alice Alfazema
Rapaz já grandote:   - Hoje a fila está muito lenta, não há despacho... - Temos falta de pessoal. - A minha mãe é que devia de vir para aqui. - Então ela que venha. - Mas ela já trabalha. - E faz o quê? - Trabalha numa loja, ela já não tem paciência para aturar miúdos. - Pois... - Com três filhos... - Eh lá! - Tem de aturar três filhos e o meu pai!

Conversas da escola - Prisioneiro sem sandes

09.10.18, Alice Alfazema
São três e meia da tarde, já tocou há muito para a entrada, eis que chega um belo jovem, no auge dos seus catorze anos, vem cheio de fome, não sabe o que andou a fazer durante o intervalo, está apressado, muito irritado, exigente, faço-lhe uma pergunta de rotina:   - Estás a ter aulas? - Sim. - Então não levas nada, tens que ir para a aula. A conversa continua, cheia de respostas animadas. - É assim, estás a ter aulas, tens de ir para a aula, queres vir aqui, vens no (...)

Conversas da escola - As senhoras do bar

25.09.18, Alice Alfazema
Como sabem estamos no início do ano lectivo e existem muitos meninos que vieram da escola primária, a maioria já tem dez anos de idade, uma década de vida! Alguns são extrovertidos outros envergonhados. Todos estão a experimentar um novo espaço, onde conhecem novas pessoas e outras rotinas. Uma escola de 2ºciclo é bastante diferente da uma escola primária, aqui há mais espaço, há outras valências, há que tornar-se autónomo, estar atento à campainha, aos trocos, comprar a (...)

Conversas da escola - Que tipo de penteado é o teu?

16.05.18, Alice Alfazema
  Um rapaz e uma rapariga estão ao balcão, ambos são do 5º ano, têm dez anos de idade, a miúda tem os olhos verdes acinzentados e o cabelo loiro escuro apanhado no alto da cabeça - está um calor do caraças - o rapaz implica com a rapariga, ela ignora e faz ares de vampe, ele diz-lhe:   - Vai-te pentear! Estás toda despenteada!  Ela olha-o com olhar de diva, e finge que não ouve. Ele volta à carga: - Vai-te pentear, pareces um ananás!   Resultado:  a) uma latada na tromba

Conversas da escola - É quase meio-dia

15.05.18, Alice Alfazema
É quase meio-dia e uma miúda de quinze anos vem pedir um copo com água para tomar um comprimido, como não é atendida em dois segundos dá meia volta e vai embora...passados dois minutos volta com o namorado e o rapaz pede outra vez a água, que por acaso ainda estava em cima do balcão, dizemos que ela foi embora sem dizer mais nada e pergunto-lhe: - Ela disse que não a atendíamos? - Sim.  - Pois, mas é mentira ela tem que saber esperar. -  não era isso é o mal estar...estou (...)

Conversas da escola - As infiltradoras

12.05.18, Alice Alfazema
Por estes dias anda muita malta a infiltrar-se na fila do bar, geralmente são os grandotes. Vêm de fininho, assim de ladinho, e pumbas já está, rente ao balcão. - Infiltraste-te na fila? - Quem eu?! Acha?! - Sim. - Eu já estava aqui! - Então porque estás a levantar as sobrancelhas? É o primeiro sinal de quem mente! É involuntário, não consegues controlar! Ela tenta que as sobrancelhas baixem, mas parece que não resulta. -  Outra infiltradora faz o pedido. - E tu também! (...)