Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Anterior do sonho

05.02.16, Alice Alfazema
  Ilustração  Christiane Vleugels   A bailarina feita de borracha e pássaro dança no pavimento anterior do sonho. A três horas de sono, mais além dos sonhos, nas secretas câmaras que a morte revela. Entre monstros feitos a tinta de escrever, a bailarina feita de borracha e pássaro. Da diária e lenta borracha que mastigo Do inseto ou pássaro que não sei caçar.     João Cabral de Melo Neto     Alice Alfazema