Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O estranho pensamento

22.10.19, Alice Alfazema
  Ilustração Osvaldo Herrera Graham   Aos 3 anos: Ela olha para si mesma e vê uma rainha. Aos 8 anos: Ela olha para si e vê a Cinderela. Aos 15 anos: Ela olha e vê uma freira horrorosa. Aos 20 anos: Ela olha e se vê muito gorda, muito magra, muito alta, muito baixa, muito liso, muito encaracolado, decide sair mas, vai sofrendo. Aos 30 anos: Ela olha para si mesma e vê muito gorda, muito magra, muito alta, muito baixa, muito liso muito encaracolado, mas decide que agora não (...)

Com outros olhos

20.04.13, Alice Alfazema
 Já aqui tinha falado que os outros nos vêm de forma diferente daquela que nos vemos, entretanto vale a pena ver este vídeo e pensar um pouco sobre aquilo que pensamos de nós próprios.  Alice Alfazema

O aumento do peito aumenta a auto-estima?

11.04.11, Alice Alfazema
              Faz-me um certo asco, certo, não, é mesmo asco; ver como título de uma revista que aumentar o peito, aumenta a auto-estima; sendo que, revistas com títulos desses são um ataque à inteligência e à vontade própria. Até se poderá dizer que só lê quem quer, que o livre arbítrio existe, mas, e os jovens, onde a experiência é nula e, cujas mentes são constantemente bombardeados com acções deste tipo, com fotos lindas, de corpos lindos (só mesmo em (...)