Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Até sempre

22.03.11, Alice Alfazema
Quando uma voz que faz parte da nossa infância, se vai embora, e, parte sem retornar, o vazio que fica em seu lugar é: indescritível.            " Amar o próximo é um dever de todos nós"   Artur Agostinho 1920 - 2011   Até sempre