Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

#diariodagratidao 20-04-2019

20.04.19, Alice Alfazema
  Hoje fui passear, fartei-me de andar à beira-mar, esteve um dia bonito e solarengo, durante o passeio encontrei esta porta... é uma porta misteriosa, que tem uma mensagem sobre o futuro...     Quem quer saber do futuro?... Encontra a resposta nesta porta...        

Conversas da escola - A lombriga mais brilhante

29.12.18, Alice Alfazema
A minha escola tem uma árvore de Natal, está perto do portão da entrada, é branca e luzidia, é alta,  muito fininha e murcha, tão leve que ondula ao vento.   - A nossa árvore de Natal este ano é tão feia, aquilo parece uma lombriga.

Arte de rua

05.08.14, Alice Alfazema
Pintura Jef Aerosol   Eu tive uns sapatos destes quando era miúda, encarnados, nessa altura não se dizia vermelho. Lembro-me também de sentir as imagens saírem dos livros e da sensação maravilhosa de descobrir novas leituras. As primeiras.   Esta parede velha parece rejubilar ao ter de novo a missão de abrigo de outrora.   Alice Alfazema

Dia mundial da criança

01.06.14, Alice Alfazema
  Desenho de Dran, arte de rua.      Havia um menino que tinha um chapéu para pôr na cabeça por causa do sol.  Em vez de um gatinho tinha um caracol. Tinha o caracol dentro de um chapéu; fazia-lhe cócegas no alto da cabeça.  Por isso ele andava depressa, depressa pra ver se chegava a casa e tirava o tal caracol do chapéu, saindo de lá e caindo  (...)