Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Elmano Sadino

15.09.15, Alice Alfazema
    Nasceu em Setúbal, no dia 15 de Setembro, há duzentos e cinquenta anos,  o poeta Bocage, conhecido pela rua irreverência, pela poesia satírica, que declamava nos bares, nas ruas. É o poeta dos palavrões, da palavra crua sem receios. Fala de tudo e de todos, sem mansidão, criticando de uma forma aberta a sua época. É um desbocado. A sua figura em pedra encontra-se numa praça em Setúbal, lá do alto afasta os pombos que lhe sujam a manta que tem ao ombro, está eternizado (...)