Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

No tronco

05.11.16, Alice Alfazema
 Ilustração  Manuel Menchén Ozaita   Deixei-me ir pelo tronco acima, debaixo das minhas patas o musgo estava escorregadio. Senti no ar o delicioso aroma da manhã. O orvalho brilhava através dos pequeninos raios de sol. Uma lagartixa ainda dormia aconchegada no que restava do frio da noite. Equilibrei-me no tronco e espreguicei-me. Senti cada músculo vibrar e deliciei-me novamente com as cores da manhã. Saltei do tronco e fui procurar o que comer. À minha volta árvores (...)