Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

#diariodagratidao 11-01-2019

11.01.19, Alice Alfazema
Ilustra√ß√£o¬†F√ľsun √úrk√ľn ¬† √Č bom falarmos ao telefone com algu√©m que n√£o vemos nem conversamos h√° meses e parecer sempre que nos t√≠nhamos encontrado no dia anterior. ¬† √Č bom ter gente assim na minha vida. Hoje estou grata por isso. ¬†

Ano-Novo - Feliz 2018!

31.12.17, Alice Alfazema
¬† Ilustra√ß√£o¬†Boyoun Kim ¬† ¬† Receita de ano novo Para voc√™ ganhar bel√≠ssimo Ano Novo cor do arco-√≠ris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem compara√ß√£o com todo o tempo j√° vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para voc√™ ganhar um ano n√£o apenas pintado de novo, remendado √†s carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo at√© no cora√ß√£o das coisas menos percebidas (a come√ßar pelo seu interior) novo, espont√Ęneo, que de t√£o perfeito nem se nota, mas com ele se (...)

O meu nome tem um L

07.11.16, Alice Alfazema
¬† Ilustra√ß√£o¬† Limeunhee ¬† ¬† Eu ontem fui √† lavandaria, fui preparada para a espera, levei comigo coisas para ler, os √≥culos e o l√°pis para sublinhar. Sento-me ent√£o numa das cadeiras da sala. Um mi√ļdo pequeno anda por ali e vem ter comigo de telem√≥vel na m√£o. Como te chamas? "Adivinha", eu disse uns quantos nomes e n√£o adivinhei nada, "tenho um L no nome, chamo-me Gil". Eu tamb√©m tenho um L no nome. Convers√°mos, mais ele do que eu, contou-me coisas da escola, comida (...)

No sofazinho

08.05.16, Alice Alfazema
      Meus amigos, desejo-vos do fundo do meu sofá (quem quiser pode ler coração), uma boa semana de trabalho, ou de estudo, ou ainda de férias, enfim seja daquilo que for, que seja bom e mais nada. Ladradelas com carinho, também, para todos os batráquios aqui do sítio e  arredores.      Alice Alfazema    

2016

31.12.15, Alice Alfazema
  Certa vez, permitiu-se que um rabino muito justo visitasse o Purgatório e o Paraíso. Primeiro, foi levado ao Purgatório, de onde vinham os gritos mais horrendos dos rostos mais angustiados que já vira. As pessoas encontravam-se sentadas em torno de uma grande mesa, sobre a qual estava a comida mais deliciosa que se possa imaginar, com a prataria e (...)

Refrescante

28.05.15, Alice Alfazema
Fotografia e receita daqui. ¬† Encontrei este poema alentejano, penso que fica muito in com este lindo bolinho, a poesia sat√≠rica √© como o lim√£o, d√° para v√°rias coisas. Espero que gostem. A receita √© f√°cil, os lim√Ķes est√£o baratos e o bolo faz um figura√ßo. Divirtam-se. Dica secreta: se os vossos ¬†lim√Ķes forem muito azedos, acrescentem o¬†a√ß√ļcar¬†a gosto. :) ¬† Atir√™ um lim√£o (...)