Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dia Internacional da Biodiversidade

Pradarias marinhas do Sado

22.05.20, Alice Alfazema
O mar e os rios, não são apenas manchas de água, neles se encontram uma diversidade enorme de vida, muita da qual ainda desconhecemos, é importante preservarmos agora para o futuro. Será que as pradarias marinhas do Sado vão continuar assim no futuro? O que tem sido feito pelos organismos Locais e Centrais para que assim continue? O Ministério do Ambiente prefere contentores de lixo no Porto de Setúbal a manter esta biodiversidade? As enormes dragagens no rio Sado interessam e (...)

Terra

22.04.12, Alice Alfazema
Ando por aí, vagueando sob o oceano, sob o rio ou sob a lixeira, alguns ignoram-me outros não me conhecem, gosto de ser livre e de voar, vivo na Terra.     O meu fruto já alimentou muitos animais. O pão feito com a minha farinha é castanho-escuro. As cobras e os lagartos gostam do meu tronco e a minha sombra é um regalo no calor do Verão.   (...)