Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O segredo

17.08.16 | Alice Alfazema | ver comentários (3)
Vou-vos contar um segredo que vai mudar as vossas vidas para sempre. É um segredo que merece ser revelado. Nos dias que correm cada vez vivemos mais stressados, com raivinhas disto e daquilo. Uns sentem-se incompreendidos, outros injustiçados e por ai fora. Cada qual com (...)

Alma

30.08.15 | Alice Alfazema | comentar
Ilustração Masha Kurbatova Pelo Sonho é que vamos,comovidos e mudos.Chegamos? Não chegamos?Haja ou não haja frutos,pelo sonho é que vamos.Basta a fé no que temos,Basta a esperança naquiloque talvez não teremos.Bast (...)

Cacos

06.04.15 | Alice Alfazema | comentar
Ilustração Annie Stegg  A minha alma partiu-se como um vaso vazio. Caiu pela escada excessivamente abaixo. Caiu das mãos da criada descuidada. Caiu, fez-se em mais pedaços do que (...)

No meu aquário

12.06.13 | Alice Alfazema | comentar
 Lá dentro o mundo é mental. Tudo paira. Na água as borbulhas espalham ondinhas. Ei-los de risquinhas. Não me canso de olhá-los. Naquele rectângulo de vidro, com (...)

Hoy

14.08.12 | Alice Alfazema | comentar
"Hoy quiero dedicarte una hermosa melodía...Escribiré con letras los sonidos...Usaré palabras que deleiten tus oídos... Como únicos instrumentos, tomaré mi pluma y (...)

Voo Azul

11.05.12 | Alice Alfazema | ver comentários (6)
  Num voo azul, entre a imensidão do céu e do oceano. Criou melodias suaves, outras efusivas, dançou na imaginação que se lhe desprendeu da alma. E voou num voo azul, (...)

Violência

03.05.10 | Alice Alfazema | comentar
Se estás disposto a nunca usar da violência, e sempre resistindo, tornas-te forte de corpo e de alma; é a mais difícil de todas as atitudes.   Agostinho da Silva