Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - Não sei

22.05.19, Alice Alfazema
- Quero um chá, estou muito mal disposto. - Toma lá, pões o açúcar, mexes bem e vais bebendo aos poucos, vais ver que ficas melhor. O miúdo leva a chávena e senta-se numa das mesas, no entanto diz a uma da minhas colegas. - Fiquei sem perceber se ponho o açúcar debaixo da língua, mexo o chá e bebo, ou se ponho o açúcar no chá, mexo e bebo.

Conversas da escola - Despacha-te

19.05.18, Alice Alfazema
Está calor e é tempo de saborearmos um geladinho, mas - por vezes existe um mas - temos um horário rígido para a venda de gelados, só os vendemos a partir das quatorze e trinta. No entanto, a partir das duas da tarde já a malta anda de roda do balcão para ver se cai alguma coisita:     - Ó Contina a que horas é que se pode comprar gelados?  - Vá lá! Está quase na hora. - Mas porque é que tem de ser a essa hora? - É só hoje. Vá lá...   E por aí a diante. Não adianta (...)