Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

É Carnaval todos os dias

29.02.16, Alice Alfazema
  Ilustração  Jean Fredenucci   Todos se riem e mostram os dentes perfeitos. Todos têm vidas de sonho, enfiados numa fotografia. Todos têm muitos amigos. Todos têm grandes conversas sobre imensas banalidades. Todos são amantes da coscuvilhice. Todos são actuais e instantâneos. Puff!     Alice Alfazema    

Muros invisíveis

14.06.14, Alice Alfazema
    (...) os homens que, como era costume na Idade Média, comiam juntos, tirando a carne com os dedos da mesma tigela, bebendo vinho da mesma caneca, a sopa do mesmo pote ou do mesmo prato, entre outras particularidades comportamentais (...), tinham uns com os outros uma relação diferente da nossa. E essa diferença não residia apenas ao nível da consciência argumentativa; também a vida emocional dessas pessoas tinha uma estrutura e um carácter diferentes. A sua vida afectiva (...)

A memória é um lugar estranho

19.06.13, Alice Alfazema
  A memória inverte processos. Esquecida, deixa entrar quem quiser, fazer o que não deve, gostar daquilo que não devia.   Há muitos anos eu trabalhava nove horas diárias. O tempo da minha primeira licença de maternidade foi de três meses e meio. Depois desse tempo o meu filho foi para o infantário. Ainda me lembro do primeiro dia. De deixá-lo, embrulhado num xaile branco, às sete da manhã, tão pequenino. Redução de horário por maternidade, uma hora. Com o tempo as (...)

10 de Junho 2013

10.06.13, Alice Alfazema
Gato velho, que não tem companhia, orelhas carcomidas nas lutas pela descendência. Deita-se nas pedras, recolhe na sesta aos bons dias de glória. Comeu a criatividade.  Não, não é cansaço... Não, não é cansaço... É uma quantidade de desilusão Que se me entranha na espécie de pensar.  É um domingo às avessas Do sentimento,  Um feriado passado no (...)

Horizonte

04.06.13, Alice Alfazema
  Os obstáculos dos outros são sempre mais fáceis de ultrapassar. O horizonte tem tantas cores.    Se alguma vez quisermos ter um pouco de conhecimento de qualquer coisa, é necessário separarmo-nos dela e olhar apenas com a alma, as coisas em si mesmas. Sócrates      Alice Alfazema

Horizonte

26.10.12, Alice Alfazema
  Não abandoneis os vossos sonhos só porque têm a aparência de irrealizáveis. Apegai-vos, com a maior tenacidade possível, às vossas visões. Não permitais que os aspectos da vida toldem ou diminuam o vosso ideal...Ligai-vos a pessoas que tenham realizado o que tentais fazer, e procurai descobrir o segredo dos seus êxitos.   O.S. Marden     Alice Alfazema