Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Micro contos - O abraço

14.11.16, Alice Alfazema
  Ilustração Greg Couch   Naquele abraço fundiram-se as energias e renovaram-se as emoções. Vieram outros coloridos ao monte e ao vale. A nuvem abraçou o vale e ele deixou-se acariciar até o vento soprar.    Alice Alfazema

Micro contos - O abraço

01.11.15, Alice Alfazema
    Imagem  Marta Orlowska     Começou a descer a colina, sentia os pés molhados da chuva que caía intensamente. Tinha frio. Viu-a ao longe, caminhando com a leveza de sempre e um sorriso no rosto. Acenou-lhe com entusiasmo. Foi-lhe retribuído o gesto. Sentiu-se feliz. Que saudades. Há quanto tempo não a via? Mais de quinze anos. Aproximaram-se e sorriram uma para a outra. Era um riso sem som. Sereno. Mágico. Distante. (...)

Maio dia 4

04.05.14, Alice Alfazema
    ♥     Hoje é celebrado o dia da Mãe. O sol continua lindo e quente, bem quente. Recebi de presente este rosmaninho, lindo. Já provaram mel de rosmaninho? É um dos meus preferidos. O rosmaninho é uma planta livre, cresce ao relento, nas serras ou nos baldios, sem grande preocupação, descontraído e elegante, gosta de vento e de sol, se repararem bem quando (...)

Exercício para o corpo para a mente e para a alma

22.03.13, Alice Alfazema
      Meu Deus! Como é engraçado. Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço. Uma fita dando voltas. Enrosca-se, mas não embola. Vira, revira, circula e pronto, está dado o laço. É assim que é o abraço (...) Ah, então é assim o amor, a amizade, tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita. Enrosca, segura um pouquinho, mas não pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade. E (...)