Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Sentes que a tua vida é útil?

04.11.17, Alice Alfazema
  Ilustração Miren Asiain Lora     Eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida, que sempre que um homem sonha o mundo pula e avança     António Gedão       Rómulo de Carvalho - Ainda bem que fui útil. O primeiro desejo da minha vida foi o de ser útil em tudo o que fizesse. (…) A minha estrela polar é esse desejo inatingível da Humanidade melhorar nos sentimentos e na forma de actuar.           Podem ouvir aqui o poema de António Gedeão na voz de (...)