Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

INspira-me...a minha sobremesa favorita

05.08.10, Alice Alfazema
    De todas as sobremesas que já degustei, esta é sem dúvida a minha favorita. Tenho um fraquinho por coisas simples, porque sinto que são as mais genuínas. Para fazê-lo não é preciso grande sabedoria, talvez seja preciso persistência, mas como tudo na vida, o que queremos perfeito tem de ser trabalhado. Na vida nada se perde, nada se ganha, tudo se transforma, como fazê-lo? Ao fazer um simples arroz (manteiga ou chamado branco), pode ser feito com azeite. Quando faço (...)

Uma carta para S...

06.07.10, Alice Alfazema
"Já faz algum tempo que não me vês, sei que tens saudades. Preciso que reflitas em tudo o que se passou desde então, pensa na força que arranjas-te e julgavas não a ter, o quanto conseguiste ser determinada. Estou orgulhoso de ti. Não chores por mim, pois lá não estarei, a pedra é fria, se me quiseres encontrar, olha para as estrelas, sente o cheiro das flores e sente o meu toque através da brisa do vento e do calor do Sol. Quero que ponhas açucar na tua saudade por mim.