Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

"Conversa com a chuva"

29.12.20, Alice Alfazema
Ilustração Emerico Tóth    E se é verdade que molhas os sapatos das pessoase entras pelos buracos das casas pobresonde vivem pessoas mais pobres do que as casastu não és culpada.Isso não.Culpadas são aquelas pessoasque nunca têm tempo para olhar a chuvaas pessoas sisudas e egoístasque não se importam nada com a vida dos outrosa não ser com a daquelestão distraídas como elas.Tu não tens culpa. Tu gostasde toda a genteporque és como as pessoas boas: generosatransparente e (...)

Postal de Natal ✈

2020

20.12.20, Alice Alfazema
Cabo da Roca, 20 de Dezembro de 2020 Queridos amigos, espero que estejam bem de saúde eu vou indo graças a Deus.  Há muitos anos atrás trocavam-se postais e cartas de Natal que eram primorosamente escritos com alguma antecedência, compravam-se depois os selos e eram enviados por correio, a escolha dos envelopes dependia do gosto pessoal de cada um e ainda do meio de transporte pelo qual viriam a ser transportados. Naquelas páginas e cartões, as letras surgiam alinhadas e (...)

Paulinho

15.12.20, Alice Alfazema
  Já aqui disse que gosto muito de vozes e daquilo que nos são capazes de transmitir, esta é daquelas que vai fazer sempre parte das minhas boas memórias.      ❁❁❁