Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Nem todos os pássaros são azuis, nem todas as árvores são verdes

13.12.20, Alice Alfazema
Fotografia Kris Tynski Era uma árvore de natal, plástica e de um verde profundo, em cima uma estrela de purpurinas prateadas, bolas de um material fibroso e brilhante enfeitavam os ramos, uns quantos chocolates cobriam as pontas dos ramos e as fitas de poliéster caíam em cascata. Por baixo avistava-se uma cena da Bíblia. Jesus estava deitado nas palhas, acabado de nascer. Era uma árvore frondosa e velha, tão velha que nela (...)

Conversas da escola - A lombriga mais brilhante

29.12.18, Alice Alfazema
A minha escola tem uma árvore de Natal, está perto do portão da entrada, é branca e luzidia, é alta,  muito fininha e murcha, tão leve que ondula ao vento.   - A nossa árvore de Natal este ano é tão feia, aquilo parece uma lombriga.