Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

São João

24.06.20, Alice Alfazema

roxo.JPG

 

Ó meu rico São João,

que andas aí em cima desconfinado

vem cá abaixo acudir à malta 

que está tudo descompensado

 

...

 

Um São João sem gente

Numa rua tão abandonada

Diz-me assim de repente

Onde posso comer sardinha assada

 

...

 

Por não poderem ir ao Mercado

Sair de casa é muito arriscado!

 

...

 

Ó Menina ponha a máscara

Se quiser sair desse confinamento

deixa o teu olhar bailar

até encontrar o enamoramento

 

...

 

Encontrar o enamoramento!

Com tanto confinamento

Quem vai olhar para o meu andamento

Se, nem saio do apartamento.

 

...

 

E neste apartamento que posso eu fazer?

Assar sardinhas na varanda, grelhador a fumegar

Exibindo à vizinhança esse meu cheiroso lazer

Entranhado nos estendais para depois recordar

 

...

 

 

 

 

Podem contribuir com mais rimas...a primeira rima é minha, as outras podem ver o autor nos comentários...

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.