Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Saborear

14.08.19, Alice Alfazema

 

mm1.jpg

 

O velho dizia: Ler, é como comer uma maçã!
Mas o jovem mergulhava os olhos no livro
mergulhava a cabeça e todo o corpo.

 

Mergulhava e mergulhava tempos infinitos
no mar de palavras.
Bebia frases inteiras, páginas, capítulos...
bebia sem respirar.

 

E bebia outros livros que se seguiam aos livros que lia.
Bebia sem parar.
E o velho dizia:
- Não esqueças... ler é como comer uma maçã!

 

mm4.jpg

 

E a cada manhã, o jovem lia, lia e lia.
E a cada manhã o velho repetia:
Ler, é como comer devagar, bem devagar, uma maçã!

 

E o jovem de tanto ler não lia,
porque era jovem e como jovem não sabia
que há um tempo para consumar o dia,
antes de chegar um novo amanhã!

 

- Levanta os olhos - falava o velho no seu afã.
Levanta os olhos e lê...
Levanta os olhos
como quem trinca e mastiga uma maçã
Levanta, levanta e fecha os olhos,
que só quem fecha os olhos é que vê.
Ler é mais que somar palavras
pois não se lê apenas com os olhos
é preciso ler com a razão, é preciso chamar a emoção,
e uma pausa não é vã
é preciso trincar, saborear, é preciso degustar a maçã.

 

mm2.jpg

 

Lê e levanta os olhos, mastiga as palavras que leste.
Que te subam à cabeça, invadam o coração
se acomodem, se aconcheguem...

 

Só depois trinca de novo a maçã, morde as letras,
mastiga-as de olhos fechados.
Trinca, mastiga, trinca, mastiga
sorve as palavras uma-a-uma.

 

mm3.jpg

 

Respira.
Leva calmo o teu afã, já que ler não é voragem,
é o entranhar da maçã!
Não leias de empreitada, que a gula não é nada.

 

mm5.jpg

 

Lê, ergue os olhos, embebe.
Depois, por fim, guarda o caroço
- que é a lombada do livro que acabas de ler,
que se foi cada página saboreada,
fica eterno na tua estante
na biblioteca do saber!

 

 

 

Poema de João Morgado, in Continuum- Antologia Poética (Poética Edições, 2018)

 

As ilustrações são de Florian Nicolle

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Alice Alfazema

    15.08.19

    É sempre bom termos companhia. :-)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.