Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Riscas

15.09.19, Alice Alfazema

zebra.jpg

Fotografia Andy Howe

 

 

Para quem começa amanhã uma nova etapa: desejo-vos um tempo de riscas, claras e escuras, sim, porque nem sempre vai ser bom, mas tal como as riscas, a vida é feita disto e daquilo e muitas vezes o aquilo é melhor que isto, mas tem dias que o isto é melhor que aquilo, por isso é aproveitar ao máximo e fazer disso um postal cheio de experiências e aprendizagens que mesmo desiguais se juntem e vos levem para um futuro bom e aconchegante, sim porque as riscas também podem ser mantas ou almofadas.

2 comentários

Comentar post