Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Porque há tanta gente preocupada com moda, culinária e futebol e tão pouca gente preocupada com a realidade

23.05.18, Alice Alfazema

Ilustração  Claudia Tremblay

 

 

Multipliquei-me para me sentir,

Para me sentir, precisei sentir tudo,

Transbordei, não fiz senão extravasar-me,

Despi-me entreguei-me.

E há em cada canto da minha alma um altar a um deus diferente.

 

 

 

 

Álvaro de Campos

2 comentários

Comentar post