Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Por dentro

16.04.21, Alice Alfazema

c.jpg

Ilustração Dariusz Mlącki

 

 
Beijo a tua voz com força. E faço caber
o entendimento na simetria perfeita
do que dizemos um ao outro.
Sei que é só de mastros a distância
que vai de mim a ti quando as vagas
nos empurram e nós seguimos, seguros
de sermos barco um no outro.
 
 
Poema de Virgínia do Carmo

3 comentários

Comentar post