Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Piolhos da sociedade

17.12.16, Alice Alfazema

 

Quem tem cabelo sabe que por vezes podem acontecer imprevistos. Assim um belo dia dei por mim a entrar numa farmácia e a deixar a senhora que me atendia aproximar-se o máximo possível de mim, para depois lhe dizer, queria um remédio para habitantes estranhos na cabeça, a senhora rapidamente deu um passo atrás, e tentou o melhor que pode disfarçar o medo de que algum deles lhe caísse em cima, o remédio não era para mim mas isso pouco importa, também não lho disse. Entretanto não me ri a olhos vistos, mas a minha alma deu umas boas risadas. Ao longo da minha vida tenho tido outros episódios de saltos para trás, um outro exemplo é quando digo que trabalho numa escola e a seguir perguntam-me, ah é professora?, não sou professora, trabalho como auxiliar, imediatamente há um salto para trás. 

 

Alice Alfazema

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.