Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Os desejos voam

27.03.15, Alice Alfazema

Ilustração Martijn van der Linden

 

Se pensarmos na quantidade de coisas em que acreditamos, apenas ao longo do dia, podemos verificar que não é difícil acreditarmos em nós próprios.

 

acreditar nas dobradiças das portas 

nos maços de algodão e nas coisas tortas

nas folhas de papel quadriculado 

num gesto mesmo que articulado

nas lâminas de barbear

nas sardinhas enlatadas em molho de cheirar

nos autoclismos e noutros mecanismos

nos hamburguers nos super-nutritivos

nos saca-rolhas e noutros aperitivos

nas cuecas de gola alta, no peúgo azul turquês

nalguma sorte que à terceira é de vez

 

Poema, Jorge Serafim, in A Sul de Ti

 

Alice Alfazema