Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O sol na tua mão

27.08.20, Alice Alfazema

 

o sol na tua mão.jpg

 

Ilustração Catrin Welz-Stein

 

De pé, demoradamente invocando
o grito do destino, somos a sombra
de uma vara, presa à inclinação do sol,
que define a vertigem que nos derruba
e que nos ergue.

 

 

 

Poema de Graça Pires, in Uma Vara de Medir o Sol

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post