Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O que é o Natal?

23.12.16, Alice Alfazema

 

 

Ilustração   Maria Mikhalskaya

 

 

"O Natal és tu, quando decides nascer de novo em cada dia e deixar Deus entrar na tua alma.


A árvore de Natal és tu, quando resistes vigoroso aos ventos e dificuldades da vida.


Os enfeites de Natal és tu, quando as tuas virtudes são cores que enfeitam a tua vida.


O sino de Natal és tu, quando chamas, congregas e procuras unir.


És também luz de Natal, quando com a tua vida iluminas o caminho dos outros com a bondade, a paciência, a alegria e a generosidade.


Os anjos de Natal és tu, quando cantas ao mundo uma mensagem de paz, justiça e amor.


És também os reis magos, quando dás o melhor que tens sem teres em conta a quem o dás.


Os cânticos de Natal és tu, quando conquistas a harmonia dentro de ti.


Os presentes de Natal és tu, quando és um verdadeiro amigo e irmão de todos os seres humanos.


Os desejos do Natal és tu, quando perdoas e restabeleces a paz, mesmo sofrendo.


A consoada és tu, quando sacias com pão e esperança o pobre que te é próximo.


Tu és a noite de Natal, quando, humilde e consciente, recebes no silêncio da noite o Salvador do mundo, sem ruído nem grandes celebrações; tu és sorriso de confiança e ternura na paz interior de um natal constante estabelecendo o reino dentro de ti."

 

 

Palavras do Papa Francisco

 

 

 

Alice Alfazema

 

 

2 comentários

Comentar post