Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O pensamento cuco

27.07.21, Alice Alfazema

gg.jpg

Ilustração Alice Rudolf

O pensamento cuco, vive nas cabeça mais distraídas de conhecimento. Sendo assim, os ovos alheios são colocados estrategicamente para serem chocados pelo incauto pensador, depois de eclodirem os cucos são exigentes com o seu cuidador, pedindo vezes sem conta para serem alimentados. À medida que o cuco cresce, torna-se evidente que o ninho se deforma, descaracterizando os vestígios originais. E aí ele voa, esquecendo-se de quem foi para ser quem é. Fica então o ninho vazio de cuco, que agora propaga a espécie, foi-se o outro definhando, já não sabe de onde veio. Cu-cu, cu-cu, cu-cu, canta o cuco sorrateiro esperando outro desprevenido.

3 comentários

Comentar post