Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Maio dia 13

13.05.14, Alice Alfazema

 

 

Hoje é um dia de fé, Fátima, 13 de Maio 2014. Custa-me ver as pessoas desperdiçarem tanto tempo das suas vidas com o negativismo, acreditam sempre mais no lado negativo da coisa, como se não houvesse um avesso por descobrir. Gosto de pessoas de fé, que têm garra, que deixam de lado a vergonha, gosto. Chateia-me que me gozem por acreditar, por que raio não posso eu acreditar em coisas boas? Chateia-me que aos tristes a compreensão seja ponto assente e àqueles que se desdobram se lhes riam nas costas, chateia-me, mas não me abala, gosto de mim assim. 

 

 

Alice Alfazema

2 comentários

Comentar post