Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Maio dia 11

11.05.14, Alice Alfazema

 ♥

Pintura Almeida Júnior

 

Hoje tem sido um dia dedicado à leitura. Deixo-vos aqui algumas mesinhas que recolhi nas minhas leituras, espero que vos ajudem no vosso dia-a-dia :), fico também à espera de outras que conheçam. Pode parecer estranho aquilo que não conhecemos, mas aos olhos de quem conhece é perfeitamente natural que se utilizem conhecimentos populares, muitos deles com larga experiência de uso. Outros olhares o mesmo planeta, a mesma espécie.

 

- Esterilidade: - Engolir vermes brancos e aranhas.

- Abcessos: - Escaravelho esmagado.

- Hérnia: - Fel de galinha; sangue de perdiz.

- Doenças dos olhos:  - Fel de solha.

- Males dos dentes: - Toque com um bico de pica-pau.

- Escrófulas: - Toque com sangue de pica-pau.

- Males dos cabelos: - Inalação de pó de pica-pau mumificado.

- Tuberculose: - Engolir de uma só vez um ovo do pássaro Koukcha.

- Verrugas: - Suor de cavalo.

- Tosse: - Caldo de pombo.

- Mordidelas de cão raivoso: - Pó de patas do pássaro tilégous trituradas.

- Febre: - Pendurar pelo pescoço um morcego seco.

 

Estas mesinhas pertencem a alguns povos siberianos, foram descritas por Lévi-Strauss, antropólogo. 

 

 

Alice Alfazema

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.