Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Maio dia 1

01.05.14, Alice Alfazema

 

 

As rosas. Neste primeiro dia de Maio as rosas eram rainhas nas jarras da casa da minha mãe, levantava-se cedo para não deixar entrar o Maio, significa isto: não ficar preguiçoso durante um ano, neste dia celebra-se a festa da Primavera, as colheitas que hão-de vir.

 

Hoje levantei-me cedo, e vi o Sol entrar no meu quarto, lembrei-me dela, o seu corpo nasceu em Abril, o seu corpo morreu em Maio, mas a sua energia continua em mim, cada dia que passa mais a sinto.

 

Esta rosa apanhei-a no quintal do meu sogro, é bonita, da cor que vejo a energia de Maio. O mês do Coração, segundo dizem :), é no coração que sinto a energia.

 

É um mês bom para renascer, para deixar-mos morrer o tédio que há em nós. É um mês bom para renovarmos esperanças, para fecharmos os ouvidos aos ódios, para procurarmos outros olhares.  

 

 

 

Alice Alfazema

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.