Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Follow Friday

14.02.14, Alice Alfazema

Um blogue que fala do quotidiano, da Natureza, de temas económicos, políticos e sociais em forma de verso, para ler e pensar Poeta Zarolho

 

Magnífica tempestade

Incontornável bonança

Compõem uma realidade

Que só pode ser esperança

 

As gaivotas sem vaidade

Rodopiam numa dança

Fazem-nos ver a verdade

Do presente que avança

 

Em direcção ao futuro

Conquistando a liberdade

Que ainda vai faltando

 

Será derrubado o muro

Que oprime a humanidade

E a seguir sairá voando.

 

Alice Alfazema