Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Feliz Natal! Agarrem a vossa estrela. :)

24.12.17, Alice Alfazema

 

Ilustração  Lucy Fleming

 

 

 

Que os teus olhos sejam sempre os portais
Por onde se perdem os meus encantos,
E neles encontre todos os santos
Que lhe agraciaram com a minha paz

 

Que o teu jeito sapeca de menina
Nunca deixe solta a maturidade,
Que a tua mente desfrute a liberdade
Dos que desacreditam de uma sina


Que guardes consigo as muitas estrelas
Vindas do vasto céu da tua esperança
E não duvides da beleza em tê-las,


Como um farol a guiar as mudanças
Porque se, atenta, puderes vê-las
Verás que és ainda a mesma criança

 

 

 

Poema de Petrônio Augusto Carvalho Olivieri Filho

 

 

Alice Alfazema

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.