Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Eucaliptos e a ganância - Rastilho: Monchique

12.08.18 | Alice Alfazema

"Então agora, vão dizer outra vez que o eucalipto não tem culpa nenhuma disto?" Aqui, no lugar de ignição do fogo, não há grande volta a dar-lhe. Tudo o que se vê à volta do pastor é uma paisagem densa de árvores, e todas da mesma espécie. Eucalyptus globulus, milhões deles, cobrem todo este vale da serra.

"Quando o vento levantava eu só via as cascas das árvores começarem a voar para diante e isto espalhou-se num instante."

 

A maioria dos eucaliptos está na segunda gestação, o que significa que foram plantados entre o final de 2003 e o início de 2004. Meses depois do primeiro grande fogo em Monchique, semeou-se gasolina na serra.

 

 

 

Texto retirado do Diário de Notícias