Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

É importante que haja mais razões para a paz do que para a guerra

25
Fev22

 

paz_Alessandra Moscatelli.JPG  

Ilustração Alessandra Moscatelli

Mastiguei os pensamentos que as imagens me impõem, cuspi-os na ânsia de me livrar deles. É uma mágoa que se agiganta no coração ao ver as mães e os velhos que se tornaram de um dia para outro em refugiados, ao ver os pais separarem-se forçadamente dos seus filhos, tanta dor, tanta tristeza nesta partida indesejada no meio de um Inverno de tempo e de emoções. Revejo mentalmente os rostos conhecidos que estarão em angustia pelos seus amores.

Sinto um enorme respeito pelas pessoas que corajosamente se manifestam nas ruas, deixando à vista de todos que são contra as intenções maquiavélicas daquele homem, diabolicamente narcisista.

É importante ajudar, é importante não calar, é importante que haja mais razões para a paz do que para a guerra. 

notários.jpg

A Ordem dos Notários portugueses disponibilizou um serviço gratuito para cidadãos ucranianos com filhos menores que precisem de enviar autorizações de viagem para a Ucrânia.

Para o efeito devem contactar a Ordem através do:

número de telefone 210 547 459 ou do e-mail ucrania@notarios.pt

 

meo.png

Para facilitar as comunicações e aproximar as famílias, o MEO oferece temporariamente a todos os seus clientes chamadas móveis internacionais para a Ucrânia e disponibiliza gratuitamente o pack Ukrainian TV.

*de 26 fevereiro a 15 março 2022, podendo ser alargado consoante o evoluir da situação.

 

7 comentários

Comentar post