Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Diário dos meus pensamentos (46)

04.05.20, Alice Alfazema

Como hoje foi um dia de chazada, deixo aqui uns bolinhos para acompanhar. Também há café. Os licores são com a . Sirvam-se à vontade. São para todos os que por aqui passam. Obrigada por estarem desse lado.  

 

 

Ah, como as coisas quotidianas roçam mistérios por nós! Como à superfície, que a luz toca, desta vida complexa de humana, a Hora, sorriso incerto, sobe aos lábios do Mistério! Que moderno que tudo isto soa! E, no fundo tão antigo, tão oculto, tão tendo outro sentido que aquele que luze em tudo isto!

 

Bernardo Soares, in Livro do Desassossego

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Alice Alfazema

    05.05.20

    Xô tentação! Afasta de mim esse bolo, mas entretanto corta-se mais uma fatia.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.