Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Diário dos meus pensamentos (14)

Abril

02.04.20, Alice Alfazema

E já chegámos a Abril, ontem o dia esteve chuvoso, mas hoje o Sol brilhou convidativo à lavagem de roupa e aos passeios à janela. O almoço foi arroz de frango com cogumelos seguido de um café tirado na máquina que recebi pelo Natal. Antes do almoço estive a estender a roupa, enquanto estendo e não estendo a minha vizinha que é professora na escola onde trabalho chama-me, aceno-lhe, e pergunto-lhe se está tudo bem, ouvem-se as nossas vozes na rua vazia, o vizinho de cima mete-se na conversa e uma outra vizinha do prédio ao lado também dá o ar de sua graça. Parece que de repente a rua se animou, mais ao fundo alguém falava ao telemóvel na varanda, e de repente tudo parecia normal, está Sol, é Primavera, estamos no começo de Abril, os pombos andam à espera de migalhas, as flores silvestres despontam alegremente, os cães ladram e nós assim à conversa de janela para janela, falando sem se importar com a privacidade, numa intimidade comunitária de bairro antigo. 

4 comentários

Comentar post