Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dente de leão

08.11.20, Alice Alfazema

dente de leão

Fotografia Patrícia Cruz

 

Não sei por onde andam agora os dente-de-leão, não os vejo em nenhum lado, imagino-os escondidos, confinados na terra, em busca dos dias em que as suas raízes se revoltarão e esticarão os seus braços fortalecendo-se até conseguirem perfurar o solo e chegar à luz solar. Espero por esse dia com a mesma ansiedade deles. Que os dias sejam breves até lá e o seu espírito resiliente nos acompanhe como exemplo. Para lá de tudo isso o céu continuará azul acima das nuvens. 

1 comentário

Comentar post