Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Cristina Ferreira

09.01.19, Alice Alfazema

cristina-ferreira.jpg

 

Não percebo o burburinho por causa do homem ter telefonado em directo para o programa da Cristina, não percebo se o assunto é insuflado por ela ser da Malveira ou se é por os pais venderem bifanas.  A mulher é uma figura que aparece em milhares de televisões portuguesas, leva assuntos interessantes a tema de conversa, pode influenciar a opinião  de muita gente, tem responsabilidade social. Tem uma voz estridente? Tem. Mas se não fosse da Malveira nem filha de feirantes não lhe chamavam espalhafatosa, diriam que era excêntrica.

 

É uma mulher que precisava começar de novo, como ela própria disse, com ideias suas, que arrisca, que não tem medo, para mim é um exemplo daquilo que deveríamos ser, não um motivo de chacota. É uma mulher com garra. 

 

 

 

 

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2